Informações sobre o calendário de saque das contas inativas do FGTS

No final de 2016, o governo federal anunciou a liberação do FGTS para contas inativas até 31 de dezembro de 2015. Desde então, milhares de brasileiros que possuem saldo no Fundo de Garantia procuravam por informações sobre as datas para receber o dinheiro.


Após algumas semanas de espera, a Caixa Econômica Federal divulgou o calendário de saque das contas inativas do FGTS. Conforme planejado desde o início, a tabela oficial seguirá a data de nascimento dos trabalhadores. Será possível sacar o valor entre 10 de março de 31 de julho. Veja o cronograma completo:

  • Nascidos em janeiro e fevereiro: saque a partir de 10 de março
  • Nascidos em março, abril e maio: saque a partir de 10 de abril
  • Nascidos em junho, julho e agosto: saque a partir de 12 de maio
  • Nascidos em setembro, outubro e novembro: saque a partir de 16 de junho
  • Nascidos em dezembro: saque a partir de 14 de julho

Quem tem direito a receber o FGTS inativo

As regras para sacar o FGTS inativo mudaram após a liberação anunciada pelo governo. Antes, só era possível receber o dinheiro quem estivesse enquadrado em uma das situações abaixo:

1. Aposentadoria

2. Financiamento da casa própria

3. Conta inativa por três anos ou mais

A partir de agora, no entanto, terá direito a receber o benefício todo trabalhador que encerrou o contrato de trabalho até 31 de dezembro de 2015 pedindo as contas ou sendo demitido com justa causa.

Quem não tem direito a receber o FGTS inativo

Quem foi demitido sem justa causa não poderá receber o dinheiro. Isso acontece porque o trabalhador já teve o FGTS liberado após ter sido mandado embora. Além disso, veja quais são as outras situações que não darão direito ao saque do Fundo de Garantia inativo:

  • Se o trabalhador possui contrato de trabalho vigente
  • Se o trabalhador recebeu depósitos do FGTS após de 31 de dezembro de 2015
  • Se o trabalhador foi demitido com ou sem justa causa a partir de janeiro de 2016
  • Se a conta do trabalhador ficou inativa a partir de janeiro de 2016

É possível estar desempregado e ter uma conta ativa?

Sim. Isso acontece em caso de atrasos no recolhimento do FGTS. A CLT (Consolidação das Leis do Trabalho) exige que o empregador faça todos os depósitos do Fundo de Garantia, mesmo após o funcionário ter sido demitido.

Vamos supor que a sua demissão aconteceu em novembro de 2015, porém, a firma atrasava o FGTS. Se a empresa continua depositando para acertar a dívida, a sua conta ainda está ativa. Portanto, você não tem direito a fazer o saque.

Além disso, se o patrão já quitou os atrasados, mas realizou algum pagamento em 2016, você não pode receber o FGTS, mesmo que a sua conta esteja inativa atualmente.

Como identificar se a conta está inativa

Você pode fazer a consulta de três formas:

1. Agências da Caixa

2. Pelo site dos serviços sociais da Caixa

3. Pelo aplicativo oficial do FGTS

1. Agências da Caixa

Vá até a agência da Caixa mais próxima da sua casa e peça para fazer a consulta da conta do FGTS. Você vai precisar apresentar o número do seu PIS/NIS e um documento de identificação com foto.

2. Site dos serviços sociais da Caixa

O site permite fazer uma verificação completa da sua conta. Veja como funciona:

1. Acesse o site por este link.

2. Você vai precisar informar o número do PIS/NIS e a sua senha de internet. Ao finalizar, clique em “OK”. Caso ainda não tenha cadastrado a senha, clique aqui e veja como proceder.

3. Já na tela da sua conta, selecione a aba FGTS e clique em “Extrato Completo”.

4. Observe a linha que apresenta a situação da conta. Se estiver com a letra “I”, significa que está inativa; se exibir a letra “A”, quer dizer que está ativa.

5. Role a página até o final para saber quando o último depósito foi feito. Se não há nenhum registro após 31 de dezembro de 2015, significa que você tem direito a fazer o saque. Importante: o Crédito de JAM não conta como depósito.

3. Aplicativo oficial do FGTS

Baixe o app na App Store ou na Google Play e faça a instalação. O aplicativo oficial é este da imagem abaixo.

1. Digite o número do seu NIS/PIS e a sua senha; ao finalizar, clique em “Acessar”.

2. Clique na seta para acessar os detalhes da sua conta.

3. Na próxima tela, o aplicativo vai exibir a situação da sua conta automaticamente.

4. Para tirar o extrato, clique na seta virada para baixo e confirme a geração do arquivo PDF clicando em “OK”.

Essas foram as informações sobre o FGTS inativo. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso você tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Sobre o site

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

23 thoughts on “Informações sobre o calendário de saque das contas inativas do FGTS”

    1. Christine, provavelmente a sua conta está parada há muito tempo. Quando isso acontece, ela é incorporada às contas do governo. É como se a conta tivesse sido transferida de propriedade.

      Você pode resolver isso indo a uma agência da Caixa e pedindo para assumir a titularidade da sua conta do FGTS.

  1. O que não estiver como conta inativa no app então não pode sacar? Mesmo se for anterior a datá 31/12/2015? To dos que tenho são anterior esta data porém só duas estão como cinta inativa.. Algo está estranho e errado.

  2. Boa tarde gostaria de saber pois eu tenho 3 contas sendo que uma consta inativa e as outras 2 recebe juros e no site da caixa econômica conta ativa , mais eu pedi demissão em 2014. Vou poder sacar essas duas ?

    1. Marcos, estão ocorrendo divergências em relação à situação das contas. É recomendável ir a uma agência da Caixa para saber a condição real das contas que você tem no seu nome.

  3. Gostaria de saber se tenho direito
    De receber o FGTS inativo estou
    Encostada a mais de 14 anos nunca
    Voltei tenho tendinite por movimento
    Repetitivo.hoje estou com 56 anos
    Náo tenho condição de voltar a
    Trabalhar mais.obrigada aguardo
    Um resposta obrigada

  4. bom dia! trabalhei em uma empresa nos anos de 2009, 2010, 2011 e 2012 quero saber se tenho direito de receber o FGTS inativo dessa empresa . Sendo que agora atualmente estou registrado em uma outra empresa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *