Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2018

Trabalhadores que conhecem o PIS somente como um número fiquem atentos, ele é bem mais que isso. Esse simples número dá acesso a benefícios que muitos sequer sabem que existem. Um exemplo é o abono salarial. Você sabe se tem direito a receber PIS 2018?

Se tem dúvidas a respeito desse direito e se é elegível para recebê-la continue lendo.

Separamos informações importantes sobre o PIS e quem pode recebê-lo esse ano de 2018. Também explicaremos como acontece o cálculo do valor do pagamento e opções para receber seu benefício. Continue lendo para compreender tudo sobre o PIS 2017/2018.


Quem tem direito a receber PIS 2018

Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2018

O PIS, também chamado de abono salarial, está disponível para alguns trabalhadores em 2018. Para ser elegível a esse benefício o trabalhador deve estar cadastrado no PIS há 5 anos ou mais.

Também é preciso ter recebido como salário mensal médio um valor igual ou menor que 2 salários mínimos e exercer atividade remunerada para alguma pessoa jurídica por pelo menos 30 dias no ano. Outro pré-requisito é ter o nome inserido na relação anual de informações sociais (RAIS) do empregador.

Por acaso você cumpre com todos esses requisitos? Então está entre os trabalhadores que podem receber o abono salarial em 2018. Esse é um importante benefício cedido a trabalhadores, então não esqueça de conferir corretamente suas informações para estar certo se pode ou não receber.


Como acontece o cálculo do PIS/abono salarial

O valor máximo do abono salarial de é de um salário mínimo. Isso não quer dizer que o trabalhador que pode receber o direito terá o valor integral de um salário. Na verdade, o cálculo é referente ao número de dias trabalhando em função remunerada para uma pessoa jurídica. Confira os valores de acordo com dias ou meses trabalhados:

  • 30 a 44 dias (1 mês): R$80,00.
  • 45 a 74 dias (2 meses): R$174,00.
  • 75 a 104 dias (3 meses): R$239,00.
  • 105 a 134 dias (4 meses): R$318,00.
  • 135 a 164 dias (5 meses): R$398,00.
  • 165 a 194 (6 meses): R$477,00.
  • 195 a 224 (7 meses): R$557,00.
  • 225 a 254 (8 meses): R$636,00.
  • 255 a 284 (9 meses): R$716,00.
  • 285 a 314 (10 meses): R$795,00.
  • 314 a 344 (11 meses): R$875,00.
  • 345 a 365 (12 meses): R$954,00.

Como é possível receber o abono salarial

O trabalhador que possui conta na Caixa Econômica tem a maneira mais prática de receber o pagamento do seu benefício. Nesses casos o PIS é pago diretamente na conta corrente do indivíduo. Também é possível retirar o valor do PIS em qualquer caixa eletrônico da Caixa, Lotéricas e Correspondentes Caixa Aqui.

Para essa segunda opção é preciso usar o Cartão Cidadão, um cartão magnético que dá acesso a uma série de benefícios trabalhistas e sociais.

A última opção é retirar o benefício presencialmente. O trabalhador deve comparecer a uma agência da Caixa Econômica e apresentar seu número do PIS. Assim ele receberá o valor do benefício ao qual tem direito.


Calendário de pagamentos do PIS/abono salarial 2017/2018

Você tem direito a receber seu abono salarial? Fique atento porque existe um calendário para ter acesso ao benefício. O calendário começa em julho de cada ano e trabalhadores nascidos em cada mês tem um certo período para retirar o benefício.

Quem perde a data limite deixa de ser elegível ao valor do PIS. O calendário do PIS vigente para 2017/2018 teve início no dia 27 de julho. Os trabalhadores que nasceram em julho tiveram a oportunidade de retirar o valor até o dia 29/06/2018.

Você pode conferir a tabela de pagamentos abaixo para se orientar melhor.

Aniversário Podem sacar em Podem sacar até
Julho 27/07/2017 29/06/2018
Agosto 17/08/2017 29/06/2018
Setembro 14/06/2017 29/06/2018
Outubro 19/10/2017 29/06/2018
Novembro 17/11/2017 29/06/2018
Dezembro 14/12/2017 29/06/2018
Janeiro e Fevereiro 18/01/2018 29/06/2018
Março e Abril 22/02/2018 29/06/2018
Maio e Junho 15/03/2018 29/06/2018

 

Conferiu a partir de qual data o valor do seu PIS está disponível? Então fique atento para ir na Caixa Econômica assim que possível e retirar o benefício. É muito fácil perder a data, especialmente para aqueles que nasceram em maio ou junho.


Como fazer a consulta do extrato do PIS

Quem deseja ficar atualizado com seu extrato do PIS possui duas maneiras para a consulta:

  • Comparecer presencialmente a uma agência da Caixa Econômica;
  • Acessar o site da Caixa.

Indo numa agência é necessário apresentar um documento de identificação com foto atualizado. Pode ser o RG, carteira de motorista (CNH) ou documentos similares. Também é preciso apresentar o cartão cidadão da Caixa Econômica. Perceba como o Cartão Cidadão é importantíssimo para receber o PIS. Se você ainda não tem o seu vá agora mesmo à Caixa Econômica providenciá-lo.

No site da Caixa o trabalhador precisa acessar a área de “benefícios e programas”. Lá basta digitar o seu número do PIS e senha internet para ter acesso a todas as informações que precisa.

Ainda tem alguma dúvida sobre o PIS 2018? Deixe nos comentários que responderemos da maneira mais completa possível.

Sobre o site

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *