Como fazer consultas pelo FGTS Fácil

Todo trabalhador registrado em carteira conhece e sabe a importância do FGTS. Por isso muitos buscam acompanhar seus direitos através de dispositivos móveis como smartphones. Uma das opções que vem ganhando destaque é o chamado FGTS Fácil, um aplicativo para celular que ajudaria na consulta.

O FGTS Fácil, na verdade, é um aplicativo não oficial desenvolvido por terceiros e disponibilizado no Google Playstore, Apple Store e Windows Store. Ele não é desenvolvido ou gerenciado pela Caixa Econômica, que controla o FGTS e outros direitos trabalhistas. A empresa desenvolvedora chama-se Outfall Inc., especialista em apps para facilitar a vida do usuário.

Mesmo ajudando na consulta do extrato do benefício ele não é a melhor opção.

Apesar de existir o FGTS Fácil, o ideal é trabalhar sempre com o aplicativo oficial da Caixa, criado exatamente para ajudar o trabalhador que deseja consultar seu extrato sem precisar ir a uma agência. Assim o trabalhador garante que suas informações estão corretas e seguras.

Nesse artigo aprenderemos mais detalhes para conseguir usar o aplicativo oficial do FGTS. Isso inclui como cadastrar a senha, atualizar dados cadastrais e consultar o extrato. Continue lendo para conseguir tirar todas suas dúvidas sobre como fazer consultas pelo FGTS Fácil.


Baixando o aplicativo oficial do FGTS

Como mencionamos anteriormente, o FGTS Fácil não é um aplicativo oficial da Caixa Econômica. Por lidar com informações importantes do trabalhador o mais correto é sempre baixar o aplicativo oficial. Para conseguir isso é possível conferir mais informações diretamente no consultar o extrato.…

Como declarar o FGTS inativo no IR 2018

O FGTS foi um direito trabalhista criado para proteger o trabalhador demitido sem justa causa. No caso da demissão sem justa causa o trabalhador recebe o valor integral depositado na sua conta do FGTS. Porém isso não acontece para todo mundo criando o que chamamos de FGTS de contas inativas.

Existem diversos funcionários que não se encaixam nos pré-requisitos para acessar o direito. Eles podem ter sido demitidos por justa causa, pedido demissão ou ter deixado de receber os depósitos por algum motivo. Isso é o que chamamos de contas inativas do FGTS. O valor dos depósitos fica armazenado nelas, mas o trabalhador não consegue acessá-las.

Na hora de estimular a economia em tempos de crise o governo usou essas contas inativas para gerar uma renda extra ao trabalhador. Quem possui um FGTS inativo tornou-se capaz de fazer o saque no valor na conta e utilizá-lo.

Em 2017 diversos indivíduos receberam acesso ao seu FGTS inativo. Agora em 2018 será necessário declará-lo em seu imposto de renda (IR), o que deixa muita gente confusa. Nesse artigo você aprenderá a declarar o FGTS inativo no IR da maneira mais fácil possível.


Quem recebeu o FGTS inativo em 2017?

Entender o FGTS inativo exige também compreender como acontecem os pagamentos do FGTS. Quando um trabalhador é registrado em carteira ele recebe depósitos mensais em uma conta no seu nome na Caixa Econômica. Os depósitos são feitos pela empresa e equivalem a uma quantia do seu salário. Enquanto esse funcionário está na ativa a conta fica inacessível a ele.…

Como consultar o extrato do FGTS pelo aplicativo

Todo trabalhador registrado em carteira tem direito a receber o FGTS. Ele é depositado todo o mês pelo empregador numa conta na Caixa Econômica que está no nome do trabalhador. Nessa hora muitos se perguntam: como consigo consultar o extrato do meu FGTS?

A Caixa Econômica Federal oferece diversas maneiras de consulta ao saldo do FGTS. É possível realizar pelo site, por mensagem de texto, na própria agência. Atualmente também existe uma maneira bastante prática e útil: consulta pelo aplicativo.

Nada mais de gastar muito tempo com a burocracia do site da Caixa ou de esperar filas nas agências. Agora é só baixar o app, abrir e consultar suas informações imediatamente. Nesse artigo aprenderemos como consultar extrato do FGTS pelo aplicativo e algumas formas alternativas de consulta. Continue lendo para aprender a consultar também pelo portal da Caixa e presencialmente na agência.


Quando posso sacar o saldo do FGTS?

Todo trabalhador que está registrado em carteira recebe os depósitos do FGTS, mas só tem acesso a ele depois de algumas situações. O mais comum é que o trabalhador tenha seu FGTS liberado depois de uma demissão sem justa causa.

Também é possível acessar o FGTS no caso de:

  • Necessidades maiores (ex: doença ou calamidade pública);
  • Falecimento do empregado (a família recebe o FGTS);
  • Diagnóstico como portador de HIV/AIDS;
  • Doenças em estágio terminal;

Você pode conferir todas as situações que acarretam a liberação do saldo do FGTS no próprio consulta pelo aplicativo.


Como consultar o extrato do FGTS pelo aplicativo do FGTS

O aplicativo do FGTS foi criado em 2016 como um meio de acesso adicional às informações do fundo de garantia do trabalhador.…

Como consultar o saldo do FGTS pelo CPF

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é um direito de todo trabalhador registrado e uma importante medida de proteção. Como qualquer empregado sabe, existem dois tipos de demissão: por justa causa e sem justa causa. É exatamente no caso de acontecer esse último tipo o motivo de existência do FGTS. Você pode inclusive consultar o saldo do FGTS pelo CPF quando quiser.

A intenção é dar algum tipo de segurança para o trabalhador que é demitido sem justa causa enquanto busca outra oportunidade. O saldo do FGTS é liberado em alguns casos de demissão, permitindo ao trabalhador se reestruturar. Para compor esse valor o empregador deposita mensalmente um valor que corresponde a 8% do salário do funcionário. O dinheiro fica guardado em contas no nome do trabalhador na Caixa Federal.

Quando o trabalhador é demitido sob certas situações pode retirar esse valor depositado e fazer uso dele.


Quando posso retirar meu FGTS?

Primeiro precisamos saber exatamente quem tem direito a receber o FGTS. De acordo com o site oficial da Caixa Econômica trabalhadores que podem receber o benefício são:

  • Trabalhadores com registro em carteira de trabalho;
  • Trabalhadores rurais registrados;
  • Trabalhadores rurais temporários, avulsos e safreiros;
  • Atletas profissionais.

Contanto que você se encaixe em uma dessas categorias deve ter uma conta onde seu FGTS é depositado todos os meses.

Só fique atento: não é possível sacar o saldo do fundo de garantia a qualquer momento. O empregado precisa estar em certas situações para ter direito a ele, que são:

  • Demissão sem justa causa;
  • Fim de contrato por prazo determinado;
  • Fim de contrato por extinção da empresa;
  • Fim de contrato por motivos relacionados a ambas as partes ou de força maior;
  • Aposentadoria;
  • Necessidades pessoais graves como doença ou calamidade pública;
  • Fim de trabalho avulso;
  • Falecimento do empregado (retirado pela família);
  • Trabalhador com idade superior a 70 anos;
  • Trabalhador ou dependente diagnosticado como portador de HIV/AIDS;
  • Doença em estágio terminal;

Perceba que existem diversas situações onde o FGTS é liberado.…

Como consultar o extrato do FGTS pelo site da Caixa

Você, trabalhador registrado em carteira, está por dentro de todas as atualizações do seu FGTS? O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um direito importante que garante a segurança de todos os trabalhadores.

Quem deseja estar sempre atualizado pode consultar o extrato do FGTS pelo site da Caixa. É prático e você nem precisa sair de casa.

Hoje você aprenderá o passo a passo simples para fazer essa consulta. Continue lendo para aprender sobre essa e outras maneiras de consultar o extrato do FGTS.


O que é o FGTS e quem tem direito a receber

O fundo de garantia por tempo de serviço é um dos direitos fundamentais do trabalhador que existe da maneira que conhecemos hoje desde 1988. Ele foi criado como uma alternativa ao regime de estabilidade de emprego usado até então. A intenção é proteger o trabalhador que fosse demitido sem justa causa.

Recebendo o FGTS o trabalhador consegue manter certa estabilidade mesmo após sua demissão. É uma maneira de garantir seu poder de consumo enquanto busca outra oportunidade de emprego. Portanto, é extremamente importante que todo trabalhador tenha conhecimento desse seu direito e como ter acesso a ele.

O FGTS consiste de um valor depositado em uma conta aberta no nome do trabalhador na Caixa Econômica Federal. Todos os meses o empregador deposita um valor que corresponde a 8% do salário, seu total é o fundo de garantia.


Quando é possível retirar o FGTS?

Enquanto o trabalhador está empregado ele não pode retirar o fundo do FGTS.…

Como consultar o extrato do FGTS nas agências da Caixa

Você é um dos muitos trabalhadores registrados em carteira que tem direito a receber o FGTS? Nesse caso também é possível consultar o extrato do FGTS nas agências da Caixa. É exatamente isso que você aprenderá nesse artigo.

Também veremos algumas informações sobre esse direito essencial do trabalhador registrado e outras maneiras de consultar o extrato. Não importa se você quer fazê-lo pelo smartphone, computador em casa ou pessoalmente, você aprenderá tudo nesse artigo. Continue lendo para conferir o passo a passo.


O que é o FGTS e quem pode receber?

O FGTS é uma sigla para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Esse direito foi criado para ajudar a manter a estabilidade do trabalhador quando acontece uma demissão sem justa causa. Todos já passaram ou passarão por essa situação, quem não recebe o FGTS fica completamente desamparado sem uma renda fixa. Com acesso ao fundo de garantia o trabalhador recebe uma quantia de dinheiro para estabilizar sua situação financeira e encontrar outro emprego.

Para que isso aconteça o empregador ou a empresa deposita um valor referente a 8% do salário em uma conta na Caixa Econômica. A conta é aberta no nome do trabalhador, mas o mesmo só tem acesso aos valores após a demissão sem justa causa ou alguns outros eventos determinados em lei.


Quando é possível retirar o saldo do FGTS?

Como mencionado acima, o FGTS é uma medida de proteção, por isso só é liberado pela Caixa Econômica em certas situações. A primeira todo mundo conhece, é a demissão.…

Como Consultar o Número do NIT

O número NIT é uma sigla de grande importância para o trabalhador. Através dessa sigla você pode se identificar como um contribuinte individual (CI) para realizar o pagamento do INSS utilizando a Guia da Previdência Social (GPS).

Apesar de ser muito útil e facilitar a emissão do GPS, nem todos os trabalhadores precisam fazer cadastro no NIT. Quer saber se você deve se cadastrar para esses serviços e como consultar seu número NIT? Continue lendo para ter todas as respostas que precisa.


Quem deve ter um número NIT?

O trabalhador que já tem a carteira assinada pela empresa não precisa de um número NIT. A contribuição para o INSS é de responsabilidade do contratante, portanto, nesses casos o funcionário não tem necessidade de se preocupar.

O NIT existe para um grupo diferente de profissionais, em especial aqueles que operam de maneira autônoma. Isso quer dizer que, se você for empregado doméstico, empreendedor individual, entre outras categorias, essa é uma facilidade especialmente direcionada a você.

Ao realizar o cadastro do NIT, o contribuinte terá maior facilidade para emitir a GPS. Ou seja, o trabalhador não precisará enfrentar filas ou burocracia excessiva para realizar suas contribuições.


Como consultar o número NIT?

Como Consultar o Número do NIT

Consulta do NIT pela internet

Você já tem um número NIT, mas perdeu ou esqueceu o número? Pode ficar calmo, pois existem maneiras simples de consultá-lo pelo próprio site de Cadastro Nacional de Informações Sociais. Siga o passo a passo abaixo para consultar seu número.

1. Acesse o site de Cadastro Nacional de Informações Sociais clicando neste link.…

Como funciona o saque do FGTS para pessoas com câncer

Neste artigo você vai poder acompanhar as principais informações sobre o FGTS para pessoas com câncer. Mas antes disso, vamos explicar como funciona o pagamento deste recurso, pois muitas pessoas têm dúvidas a respeito do benefício.

O Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) consiste em um depósito mensal, que diz respeito a um percentual de 8% do salário do empregado, cujo empregador tem a obrigação de depositar em uma conta bancária. Esta conta deve ser aberta, especificamente, na Caixa Econômica Federal, e deve estar em nome do funcionário.

O objetivo do FGTS é de auxiliar o trabalhador, caso ele seja demitido, seja por motivo de doenças graves e até mesmo catástrofes naturais. O fundo não é um benefício que é descontado do salário do profissional, mas sim uma obrigação da empresa.

Quem tem direito a receber o FGTS são trabalhadores, tantos os urbanos, quanto os rurais, através do regime da CLT (Consolidação das Leis do Trabalho). Pessoas que são afastadas por causa de câncer também possuem o direito de receber o recurso.

É interessante saber que, mesmo que faça o saque do dinheiro, o cidadão não vai ter prejuízos caso seja despedido sem motivo.


Quem tem direito a receber o FGTS em caso de câncer

O trabalhador que estiver com neoplasia maligna, ou seja, com câncer, ou qualquer outro profissional que tenha algum dependente com câncer ou seja dependente de um, tem direito a receber o benefício. São eles: os equiparados a filhos, como enteados, pessoas menores de 18 anos e maiores de 60 anos, companheiro ou cônjuge, todos os que estiverem inscritos nos Institutos da Previdência Social da União, Municípios e Estados.…

Quem tem direito a receber o FGTS de empresas

A grande maioria de empresários de diversos setores do mercado e empreendedores em geral não sabem, mas a Caixa Econômica Federal possui cofres com dinheiro guardado do FGTS de empresas.

O montante corresponde às contribuições feitas para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço entre 1966 e 1988 que não foram retiradas e estão paradas atualmente. Portanto, essas empresas têm o direito de receber a quantia existente na Caixa.


Origem do FGTS das empresas

Como determinam as leis trabalhistas, as empresas deveriam depositar 8% dos salários de seus funcionários para que eles pudessem ter acesso ao dinheiro no futuro.

Porém, muitos preferiram por não fazer a retirada das suas contas do FGTS e optavam por ganhar estabilidade no emprego. Ou seja, os trabalhadores que não retiravam o Fundo de Garantia por vontade própria durante 10 anos, recebiam em troca a garantia da manutenção do emprego. Como esse dinheiro não foi liberado na época, agora ele está disponível para que as empresas possam fazer o saque.


Como fazer o pedido para sacar o FGTS de empresas

Para fazer o pedido de saque, o empresário deve primeiramente entrar em contato com a Caixa Econômica Federal para realizar um levantamento de quanto dinheiro possui disponível, além de relacionar os funcionários que receberam depósitos do FGTS no período avaliado.

O próximo passo é reunir todos os documentos necessários para comprovar o vínculo com esses trabalhadores cujas contas receberam o FGTS, mas que optaram por não receber o benefício. Sem esses documentos, o processo se torna mais complicado e demorado, porém não se torna impossível.…

Mensagem no WhatsApp sobre saque do FGTS é fraude

Um novo golpe envolvendo o Fundo de Garantia e a Caixa Econômica Federal está circulando pelo aplicativo de mensagens WhatsApp. No conteúdo do post, há um texto incentivando o usuário a clicar em um link para conferir se o seu nome está na lista de pessoas que podem sacar um pagamento retroativo do FGTS. Contudo, ao realizar o clique, o leitor é direcionado a uma página falsa da Caixa.

Neste site, a seguinte mensagem é exibida: “Confira se o seu nome está na lista para sacar os R$ 1.760,00 do FGTS. Mais de 7.200 pessoas já sacaram o benefício. Preencha o formulário abaixo e confira se o seu nome está na lista”.

Mensagem incentiva a pessoa a fornecer os dados

Ao digitar os dados solicitados, você acaba fornecendo suas informações para os golpistas, e não para uma suposta lista do FGTS.

Mas ainda tem mais. Após fornecer itens como nome, data de nascimento e período de trabalho, você é forçado a compartilhar a link para ter acesso à lista, que como sabemos, é falsa. “Encontramos o seu nome na lista! Para liberar a lista, clique no botão ‘Compartilhar’ e selecione 5 amigos do WhatsApp e envie essa informação a eles. Após finalizar os compartilhamentos, você terá acesso à lista”.

Site força o usuário a compartilhar a mensagem no WhatsApp

O sistema exibe até uma barra indicadora para informar quanto falta para você compartilhar e liberar a lista falsa. E para tornar a informação mais real, exibem comentários do Facebook de pessoas que estariam com o nome na relação de contemplados.

Barra indica quantos compartilhamentos você precisa fazer


 

Golpe do FGTS no WhatsApp é clicado por milhares de pessoas

O resultado da mensagem fraudulenta sobre o FGTS no WhatsApp é preocupante. …