Calendário FGTS inativo

Consulte o calendário FGTS inativo e veja quais são as condições para receber o dinheiro

Todo e qualquer caminho para que se possa fugir da crise deve ser adotado, mais ainda pelo Governo Federal, que articula diversas ações para que a crise econômica não seja muito sentida pelos brasileiros, embora o número de trabalhadores desempregados tenha aumentado.

Dessa forma, no ano de 2017, o governo liberou o saque de todas as contas inativas de FGTS, desde que essas contas tenham ficado inativas até 31 de dezembro de 2015. Com isso, o saque do FGTS inativo ficou disponível até o dia 31 de julho de 2017.

Com isso, os trabalhadores que tenham carteira assinada e são inscritos no PIS estão querendo conferir o calendário FGTS 2018 e as suas respectivas datas de pagamento. Portanto, fique por aqui, que você terá a informação correta do calendário do FGTS inativo, podendo compará-lo com o do ano de 2017 e verá a coincidência que tem sobre eles.

Calendário FGTS inativo


O que trata o FGTS Caixa?

FGTS é o nome dado ao depósito mensal que é realizado pelo empregador diretamente na conta de fundo criado para o seu empregado. O depósito equivale a 8% do seu salário. Todos os trabalhadores de carteira assinada têm direito a esse benefício.


FGTS de Contas Inativas

Devido á crise que assolou o Brasil no ano de 2016 e se arrasta até hoje, o presidente Michel Temer anunciou que todos os trabalhadores poderiam sacar o valor de suas contas de FGTS inativas, mas somente aquelas que não ultrapassem a data de 31 de dezembro de 2015.… Clique para ler o texto completo

Quem tem direito a fazer um financiamento pelo Caixa Habitação

Todo mundo sonha com a casa própria em algum momento da sua vida. O Caixa Habitação está aí para ajudar a realizar esse sonho. Ter seu próprio imóvel significa mais segurança para você e sua família. Chega uma hora que sair do aluguel é uma necessidade para qualquer um que quer crescer na vida e alcançar novos patamares. É isso que você precisa nesse momento?

A Caixa Econômica Federal oferece um programa que auxilia diversos brasileiros a adquirirem a casa própria. Nada mais de aluguel, chegou a hora de adquirir a casa própria. O programa da Caixa consiste numa série de financiamentos para ajudar quem está querendo adquirir um imóvel.

As condições e períodos de pagamento variam, o que quer dizer que tem como fazer caber no bolso de qualquer um. Chegou a hora de você também investir no seu próprio imóvel através dessas condições especiais.

Preparamos um artigo completo que te ajudará a conhecer as opções de financiamento da Caixa Habitação e a dar início na compra da sua casa. Aprenda também a calcular as prestações, formas de pagamento e informações complementares.

Continue lendo para não perder o que pode ser uma oportunidade única na sua vida. Saiba Quem tem direito a fazer um financiamento pelo Caixa Habitação


Quem pode pedir um financiamento de imóvel pela Caixa Habitação?Quem tem direito a fazer um financiamento pelo Caixa Habitação

O financiamento é basicamente quando alguém adquire o imóvel e parcela o pagamento, mas o banco quita a dívida com o antigo proprietário. Dessa maneira quem comprou consegue pagar de uma maneira que seja mais possível para ele e o dono do imóvel que vendeu recebe o valor integral.… Clique para ler o texto completo

Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2019

O PIS, também chamado de abono salarial, é um benefício ao qual alguns trabalhadores têm direito. Ele é um programa de incentivo similar ao PASEP dos servidores públicos e tem como objetivo integrar o funcionário com o desenvolvimento de sua empresa. A intenção é criar incentivos para que o funcionário ajude a companhia a se desenvolver cada vez mais. Seu pagamento é de responsabilidade da Caixa Econômica, como veremos mais à frente.

Nesse artigo ensinaremos detalhadamente quem pode receber o benefício, como recebê-lo e documentos necessários para o saque. Continue lendo para ficar completamente informado sobre quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2019.


Quem pode receber o PIS / abono salarial?

Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2019

Nem todo trabalhador é elegível para receber o benefício. Para que isso seja possível é preciso que o funcionário tenha pelo menos 5 anos de cadastro no PIS. O PIS é a sigla para Programa de Integração Social e é um direito de todo trabalhador que tem carteira assinada.

Ele não só garante o acesso ao abono salarial, mas também a diversos outros direitos como o seguro desemprego. Portanto se você ainda não tem cadastro corra atrás, pode fazer a diferença na sua vida de trabalhador.

Quanto ao abono salarial, o trabalhador precisa:

  • Exercer atividade remunerada por pelo menos 30 dias no ano vigente para uma pessoa jurídica;
  • Receber uma média salarial de 2 salários mínimos ou menos durante o período trabalhado.
  • Ter o nome no RAIS (relação anual de informações sociais) feito pelo empregador no ano anterior.
Clique para ler o texto completo

Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2018

Trabalhadores que conhecem o PIS somente como um número fiquem atentos, ele é bem mais que isso. Esse simples número dá acesso a benefícios que muitos sequer sabem que existem. Um exemplo é o abono salarial. Você sabe se tem direito a receber PIS 2018?

Se tem dúvidas a respeito desse direito e se é elegível para recebê-la continue lendo.

Separamos informações importantes sobre o PIS e quem pode recebê-lo esse ano de 2018. Também explicaremos como acontece o cálculo do valor do pagamento e opções para receber seu benefício. Continue lendo para compreender tudo sobre o PIS 2017/2018.


Quem tem direito a receber PIS 2018

Quem tem direito a receber o PIS/Abono Salarial 2018

O PIS, também chamado de abono salarial, está disponível para alguns trabalhadores em 2018. Para ser elegível a esse benefício o trabalhador deve estar cadastrado no PIS há 5 anos ou mais.

Também é preciso ter recebido como salário mensal médio um valor igual ou menor que 2 salários mínimos e exercer atividade remunerada para alguma pessoa jurídica por pelo menos 30 dias no ano. Outro pré-requisito é ter o nome inserido na relação anual de informações sociais (RAIS) do empregador.

Por acaso você cumpre com todos esses requisitos? Então está entre os trabalhadores que podem receber o abono salarial em 2018. Esse é um importante benefício cedido a trabalhadores, então não esqueça de conferir corretamente suas informações para estar certo se pode ou não receber.


Como acontece o cálculo do PIS/abono salarial

O valor máximo do abono salarial de é de um salário mínimo.… Clique para ler o texto completo

Como fazer consultas pelo FGTS Fácil

Todo trabalhador registrado em carteira conhece e sabe a importância do FGTS. Por isso muitos buscam acompanhar seus direitos através de dispositivos móveis como smartphones. Uma das opções que vem ganhando destaque é o chamado FGTS Fácil, um aplicativo para celular que ajudaria na consulta.

O FGTS Fácil, na verdade, é um aplicativo não oficial desenvolvido por terceiros e disponibilizado no Google Playstore, Apple Store e Windows Store. Ele não é desenvolvido ou gerenciado pela Caixa Econômica, que controla o FGTS e outros direitos trabalhistas. A empresa desenvolvedora chama-se Outfall Inc., especialista em apps para facilitar a vida do usuário.

Mesmo ajudando na consulta do extrato do benefício ele não é a melhor opção.

Apesar de existir o FGTS Fácil, o ideal é trabalhar sempre com o aplicativo oficial da Caixa, criado exatamente para ajudar o trabalhador que deseja consultar seu extrato sem precisar ir a uma agência. Assim o trabalhador garante que suas informações estão corretas e seguras.

Nesse artigo aprenderemos mais detalhes para conseguir usar o aplicativo oficial do FGTS. Isso inclui como cadastrar a senha, atualizar dados cadastrais e consultar o extrato. Continue lendo para conseguir tirar todas suas dúvidas sobre como fazer consultas pelo FGTS Fácil.


Baixando o aplicativo oficial do FGTS

Como mencionamos anteriormente, o FGTS Fácil não é um aplicativo oficial da Caixa Econômica. Por lidar com informações importantes do trabalhador o mais correto é sempre baixar o aplicativo oficial. Para conseguir isso é possível conferir mais informações diretamente no consultar o extrato.… Clique para ler o texto completo

Como declarar o FGTS inativo no IR 2018

O FGTS foi um direito trabalhista criado para proteger o trabalhador demitido sem justa causa. No caso da demissão sem justa causa o trabalhador recebe o valor integral depositado na sua conta do FGTS. Porém isso não acontece para todo mundo criando o que chamamos de FGTS de contas inativas.

Existem diversos funcionários que não se encaixam nos pré-requisitos para acessar o direito. Eles podem ter sido demitidos por justa causa, pedido demissão ou ter deixado de receber os depósitos por algum motivo. Isso é o que chamamos de contas inativas do FGTS. O valor dos depósitos fica armazenado nelas, mas o trabalhador não consegue acessá-las.

Na hora de estimular a economia em tempos de crise o governo usou essas contas inativas para gerar uma renda extra ao trabalhador. Quem possui um FGTS inativo tornou-se capaz de fazer o saque no valor na conta e utilizá-lo.

Em 2017 diversos indivíduos receberam acesso ao seu FGTS inativo. Agora em 2018 será necessário declará-lo em seu imposto de renda (IR), o que deixa muita gente confusa. Nesse artigo você aprenderá a declarar o FGTS inativo no IR da maneira mais fácil possível.


Quem recebeu o FGTS inativo em 2017?

Entender o FGTS inativo exige também compreender como acontecem os pagamentos do FGTS. Quando um trabalhador é registrado em carteira ele recebe depósitos mensais em uma conta no seu nome na Caixa Econômica. Os depósitos são feitos pela empresa e equivalem a uma quantia do seu salário. Enquanto esse funcionário está na ativa a conta fica inacessível a ele.… Clique para ler o texto completo

Como consultar o extrato do FGTS pelo aplicativo

Todo trabalhador registrado em carteira tem direito a receber o FGTS. Ele é depositado todo o mês pelo empregador numa conta na Caixa Econômica que está no nome do trabalhador. Nessa hora muitos se perguntam: como consigo consultar o extrato do meu FGTS?

A Caixa Econômica Federal oferece diversas maneiras de consulta ao saldo do FGTS. É possível realizar pelo site, por mensagem de texto, na própria agência. Atualmente também existe uma maneira bastante prática e útil: consulta pelo aplicativo.

Nada mais de gastar muito tempo com a burocracia do site da Caixa ou de esperar filas nas agências. Agora é só baixar o app, abrir e consultar suas informações imediatamente. Nesse artigo aprenderemos como consultar extrato do FGTS pelo aplicativo e algumas formas alternativas de consulta. Continue lendo para aprender a consultar também pelo portal da Caixa e presencialmente na agência.


Quando posso sacar o saldo do FGTS?

Todo trabalhador que está registrado em carteira recebe os depósitos do FGTS, mas só tem acesso a ele depois de algumas situações. O mais comum é que o trabalhador tenha seu FGTS liberado depois de uma demissão sem justa causa.

Também é possível acessar o FGTS no caso de:

  • Necessidades maiores (ex: doença ou calamidade pública);
  • Falecimento do empregado (a família recebe o FGTS);
  • Diagnóstico como portador de HIV/AIDS;
  • Doenças em estágio terminal;

Você pode conferir todas as situações que acarretam a liberação do saldo do FGTS no próprio consulta pelo aplicativo.


Como consultar o extrato do FGTS pelo aplicativo do FGTS

O aplicativo do FGTS foi criado em 2016 como um meio de acesso adicional às informações do fundo de garantia do trabalhador.… Clique para ler o texto completo

Como consultar o saldo do FGTS pelo CPF

O FGTS (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) é um direito de todo trabalhador registrado e uma importante medida de proteção. Como qualquer empregado sabe, existem dois tipos de demissão: por justa causa e sem justa causa. É exatamente no caso de acontecer esse último tipo o motivo de existência do FGTS. Você pode inclusive consultar o saldo do FGTS pelo CPF quando quiser.

A intenção é dar algum tipo de segurança para o trabalhador que é demitido sem justa causa enquanto busca outra oportunidade. O saldo do FGTS é liberado em alguns casos de demissão, permitindo ao trabalhador se reestruturar. Para compor esse valor o empregador deposita mensalmente um valor que corresponde a 8% do salário do funcionário. O dinheiro fica guardado em contas no nome do trabalhador na Caixa Federal.

Quando o trabalhador é demitido sob certas situações pode retirar esse valor depositado e fazer uso dele.


Quando posso retirar meu FGTS?

Primeiro precisamos saber exatamente quem tem direito a receber o FGTS. De acordo com o site oficial da Caixa Econômica trabalhadores que podem receber o benefício são:

  • Trabalhadores com registro em carteira de trabalho;
  • Trabalhadores rurais registrados;
  • Trabalhadores rurais temporários, avulsos e safreiros;
  • Atletas profissionais.

Contanto que você se encaixe em uma dessas categorias deve ter uma conta onde seu FGTS é depositado todos os meses.

Só fique atento: não é possível sacar o saldo do fundo de garantia a qualquer momento. O empregado precisa estar em certas situações para ter direito a ele, que são:

  • Demissão sem justa causa;
  • Fim de contrato por prazo determinado;
  • Fim de contrato por extinção da empresa;
  • Fim de contrato por motivos relacionados a ambas as partes ou de força maior;
  • Aposentadoria;
  • Necessidades pessoais graves como doença ou calamidade pública;
  • Fim de trabalho avulso;
  • Falecimento do empregado (retirado pela família);
  • Trabalhador com idade superior a 70 anos;
  • Trabalhador ou dependente diagnosticado como portador de HIV/AIDS;
  • Doença em estágio terminal;

Perceba que existem diversas situações onde o FGTS é liberado.… Clique para ler o texto completo

Como consultar o extrato do FGTS pelo site da Caixa

Você, trabalhador registrado em carteira, está por dentro de todas as atualizações do seu FGTS? O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço é um direito importante que garante a segurança de todos os trabalhadores.

Quem deseja estar sempre atualizado pode consultar o extrato do FGTS pelo site da Caixa. É prático e você nem precisa sair de casa.

Hoje você aprenderá o passo a passo simples para fazer essa consulta. Continue lendo para aprender sobre essa e outras maneiras de consultar o extrato do FGTS.


O que é o FGTS e quem tem direito a receber

O fundo de garantia por tempo de serviço é um dos direitos fundamentais do trabalhador que existe da maneira que conhecemos hoje desde 1988. Ele foi criado como uma alternativa ao regime de estabilidade de emprego usado até então. A intenção é proteger o trabalhador que fosse demitido sem justa causa.

Recebendo o FGTS o trabalhador consegue manter certa estabilidade mesmo após sua demissão. É uma maneira de garantir seu poder de consumo enquanto busca outra oportunidade de emprego. Portanto, é extremamente importante que todo trabalhador tenha conhecimento desse seu direito e como ter acesso a ele.

O FGTS consiste de um valor depositado em uma conta aberta no nome do trabalhador na Caixa Econômica Federal. Todos os meses o empregador deposita um valor que corresponde a 8% do salário, seu total é o fundo de garantia.


Quando é possível retirar o FGTS?

Enquanto o trabalhador está empregado ele não pode retirar o fundo do FGTS.… Clique para ler o texto completo

Como consultar o extrato do FGTS nas agências da Caixa

Você é um dos muitos trabalhadores registrados em carteira que tem direito a receber o FGTS? Nesse caso também é possível consultar o extrato do FGTS nas agências da Caixa. É exatamente isso que você aprenderá nesse artigo.

Também veremos algumas informações sobre esse direito essencial do trabalhador registrado e outras maneiras de consultar o extrato. Não importa se você quer fazê-lo pelo smartphone, computador em casa ou pessoalmente, você aprenderá tudo nesse artigo. Continue lendo para conferir o passo a passo.


O que é o FGTS e quem pode receber?

O FGTS é uma sigla para Fundo de Garantia por Tempo de Serviço. Esse direito foi criado para ajudar a manter a estabilidade do trabalhador quando acontece uma demissão sem justa causa. Todos já passaram ou passarão por essa situação, quem não recebe o FGTS fica completamente desamparado sem uma renda fixa. Com acesso ao fundo de garantia o trabalhador recebe uma quantia de dinheiro para estabilizar sua situação financeira e encontrar outro emprego.

Para que isso aconteça o empregador ou a empresa deposita um valor referente a 8% do salário em uma conta na Caixa Econômica. A conta é aberta no nome do trabalhador, mas o mesmo só tem acesso aos valores após a demissão sem justa causa ou alguns outros eventos determinados em lei.


Quando é possível retirar o saldo do FGTS?

Como mencionado acima, o FGTS é uma medida de proteção, por isso só é liberado pela Caixa Econômica em certas situações. A primeira todo mundo conhece, é a demissão.… Clique para ler o texto completo