É possível usar o FGTS para comprar carro?

Um dos principais sonhos dos brasileiros é poder comprar um carro, seja ele novo ou usado. Existem centenas de modelos disponíveis no mercado, porém, a maioria não é acessível à população.


Para as pessoas que nutrem essa vontade, uma dúvida constante é a possibilidade de usar o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) para pagar integralmente o veículo, ou dar uma boa entrada para diluir as prestações.

De acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras, a resposta é não, pois a principal função desse recurso é ser usado para a aquisição da casa própria. E para entender melhor essa questão, é preciso conhecer melhor todas as etapas que deverão ser preenchidas para ter direito a usar esse benefício.

Regras para uso do FGTS

fgts-comprar-carro

Existem alguns projetos de lei que visam fazer com que os brasileiros tenham direito a utilizar esse dinheiro para a compra de um veículo, mas atualmente ainda vales as regras já vigentes, ou seja, é vetado o uso do FGTS para comprar carro.

Conheça as regras para ter direito a sacar esse dinheiro. São 17 ocasiões em que ele pode ser retirado:

1. Demissão sem justa causa: quando o trabalhador é desligado da empresa, sem que tenha feito nenhuma falta grave, sendo de total responsabilidade do empregador esse desligamento.

2. Término de contrato: Quando um determinado contrato é finalizado após cumprir um prazo previamente determinado.

3. Extinção da empresa: quando um contrato é finalizado devido à dissolução da empresa, seja ela total ou parcial.

4. Anulação do contrato de trabalho: Nesses casos é necessário seguir algumas regras previstas na Constituição Federal.

5. Falecimento do microempreendedor: Casos em que o contrato é finalizado devido ao falecimento do microempreendedor.

6. Rescisão de contrato quando ambas as partes estão de acordo.

7. Aposentadoria.

8. Necessidades urgentes: Nessa modalidade estão enquadrados desastres naturais causados por inundações, chuvas e desastres naturais. A liberação precisa ser aprovada pelo Governo Federal.

9. Trabalho avulso suspenso.

10. Falecimento do trabalhador.

11. Quando a idade do titular for superior a 70 anos.

12. No caso do empregado ou seu dependente ter contraído a Síndrome da Imunodeficiência Adquirida (AIDS).

13. Em casos onde o empregado ou dependente for acometido por uma neoplasia maligna (câncer).

14. Doenças terminais.

15. Contas que não tenham tido nenhuma movimentação por três anos seguidos.

16. Quando o profissional está afastado pelo menos três anos seguidos fora do FGTS e passa a ter uma conta inativa.

17. Para comprar a casa própria, ou amortização e liquidação de dívidas referentes às prestações de financiamento habitacional.

Em outras palavras, sacar o FGTS exatamente para comprar um carro não é possível, mas, em casos como a demissão sem justa causa, o trabalhador poderá tirar o dinheiro e comprar o seu carro sem nenhum problema, sendo isso de inteira responsabilidade do próprio trabalhador.

O mesmo vale para outras situações, pois o governo, bem como Caixa Econômica Federal, não tem autonomia sobre o uso que o trabalhador irá fazer do dinheiro após ele ser sacado, desde que preenchidos esses requisitos.

Essas foram as informações para você entender como funciona a liberação dos recursos do FGTS. Se elas foram úteis para você, compartilhe com seus amigos no Facebook ou clique no botão “Curtir”. E caso tenha alguma dúvida, escreva a sua pergunta na seção de comentários.

Sobre o site

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

7 thoughts on “É possível usar o FGTS para comprar carro?”

  1. Eu acho que agente deveria no fim do contrato independente por qual motivo.. ter o direito sim…. de poder sacar o fgts. é um absurdo agente ter que passar por alguns apertos financeiro sendo que agente tem esse valor a receber. o que e um ganho ja do trabalhador e ñ poder saca. Gostaria de solução to desempregado. Com minha moto pra conserto q chaga o valor de 1. 800$ prestações de material de construção. E ñ posso sacar um dinheiro meu… isso pra min é mais q injusto l.

    1. É realmente um absurdo, todo mês é sacado esse valor do meu dinheiro e eu não posso usar porque o governo determinou que pode retirar esse valor do meu suor, mas que eu não posso usar…. é um Absurdo isso..

    2. Bem vindo ao Brasil meu amigo, resumido o texto acima vc só pode pegar seu FGTS se tiver prestes a morrer. Mas ainda sonho em um dia esse tal de FGTS ir para o inferno com quem inventou ele .

  2. Mui boa -tarde.
    Olha, a minha pergunta é a seguinte:
    Eu gostaria de saber se eu poco usar o meu fgts, para a compra de um imovel na minha sidade em outro estado, ex. moro em São Paulo, más com as variações dos autos valores de preços, então fica muito dificil para alcançar a meta, e com isso fica muito dificil no caso aqui em São Paulo.
    Aguardo a resposta.
    Muito boa_tatde!

  3. Apoio totalmente essas regras, desde que a Caixa pague os juros desse valor como se nós tivéssemos feito um empréstimo a eles, o que não é justo a taxa de juros dos empréstimos! Voce tem 10 mil reais de FGTS seu com eles, precisa de um carro não pode sacar, faz um empréstimo de 10 mil e vai ter que pagar 20, isso sim é um abuso!

  4. Tenho uma boa quantia retido ,que poderia me ajudar muito ,sair do trabalho a pouco tempo e não posso sacar .
    Liberem todas as contas de 2016 e 2017 também

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *