Como sacar FGTS Inativo 2019

Este texto mostra como funcionam os procedimentos para sacar FGTS Inativo 2019; saiba quem tem direito a receber o benefício e o que é necessário para liberar o pagamento

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) inativo fez com que muitos brasileiros tivessem dinheiro a mais no ano de 2017. Para que eles pudessem fazer o saque, era obrigatório que não houvesse depósito dessa natureza em sua conta até dezembro de 2015: essa era a razão para elas serem nomeadas como contas inativas, ou seja, não havia recolhimento do empregador.

Muitas pessoas aguardam pela possibilidade de esse benefício inativo ser depositado novamente, em especial porque costuma se tratar de uma quantia alta: alguns trabalhadores receberam mais de R$ 4.000,00 por causa dessa liberação. Todavia, será que o Ministério do Trabalho e Emprego depositará o FGTS inativo em 2019?

É provável que o governo federal não o libere emergencialmente de novo no ano que vem: uma vez que as pessoas que tinham esse saldo desde 2015 já receberam, o MTE tende a esperar até 2020 ou 2021 para liberar de novo o saque excepcional.

É claro que isso não significa que o cidadão não poderá usar seu FGTS até lá: ele poderá, desde que seja por causa das regras comuns que o governo federal já tem e que serão explicadas aqui.


Como fazer o saque do FGTS inativo 2019?

Para quem for fazer o saque em alguma lotérica ou nos postos Caixa Aqui, será preciso mostrar Cartão Cidadão, documento de identidade e senha. Entretanto, somente os valores menores que R$ 3.000,00 podem ser sacados nesses lugares.

Para qualquer quantia, o cidadão pode fazer o saque na agência da Caixa Econômica Federal, sem a obrigatoriedade de ser correntista desta. Será preciso ter a carteira de trabalho e seu documento de identificação; se o indivíduo não estiver com a CTS, pode mostrar o documento de rescisão.

Os terminais de autoatendimento servem para dois tipos de saque: quem utiliza o Cartão Cidadão e a senha pode sacar até os R$ 3.000,00; se a pessoa tiver somente a senha, ela pode sacar até R$ 1.500,00.

Como sacar FGTS Inativo 2019


FGTS inativo 2019 quem pode sacar?

Como dito, aqueles que não fizeram seus saques de inativos no ano de 2017 podem sacar posteriormente, mas apenas se estiverem em certas situações. Uma delas é quando as pessoas compram um imóvel: elas podem requisitar o FGTS à Caixa para diminuírem as parcelas ou até para pagar como entrada.

Os trabalhadores que apresentarem alguma doença terminal também podem requisitar o fundo de garantia, destacando-se que isso é estendido para o caso de dependentes doentes. A pessoas que está com AIDS ou tem familiar com essa doença é autorizado a usar o FGTS, além dos familiares, quando o funcionário morre.

Na eventualidade de desastres naturais, também é permitido que o cidadão saque seu benefício, além de casos de fechamento das empresas, câncer, demissão sem justa causa e mais. As pessoas com 70 anos ou mais podem fazer o saque sem as outras condições e destaca-se que os parentes incluídos nessas regras precisam ser dependentes.


Como consultar o FGTS inativo 2019

As pessoas que precisam do fundo de garantia e não sabem quanto têm para sacar podem procurar uma agência da Caixa Econômica Federal e pedir esse saldo; os funcionários precisarão do documento de identidade apenas, mas é indicado levar a carteira de trabalho e o Cartão Cidadão, para os que o tiverem.

O aplicativo da Caixa Econômica Federal também tem as informações sobre o fundo de garantia. A pessoa pode fazer o download no site do banco e vale lembrar que um antivírus precisa ser posto antes no dispositivo móvel. O aplicativo em questão também fala o calendário de pagamento, que é organizado de acordo com o dia de aniversário de cada trabalhador.


E quem trabalhou, mas não tem FGTS depositado?

É obrigatório que todo empregador faça o depósito de certa porcentagem para o fundo de garantia e aquele que não o faz comete fraude. Sendo assim, o trabalhador que descobre não ter FGTS para sacar, mesmo tendo trabalhado com registro, deve contatar o RH da empresa em questão.

Uma vez que o RH da companhia não dê as explicações ou os depósitos faltantes não sejam realizados, deve-se buscar o Ministério do Trabalho e Empregos e apresentar o saldo do fundo de garantia e a carteira de trabalho. Em muitas situações, a empresa contratante corrige o benefício depois de ser notificada: se não o fizer, indica-se a contratação de advogados trabalhistas.

Como sacar FGTS Inativo 2019


FGTS inativo 2019 terá saque disponível?

Se o governo federal realmente permitir os saques do FGTS inativo no ano que vem, ela anunciará isso com antecedência. Se os saques forem mesmo autorizados a partir de janeiro de 2019, é provável que os avisos sejam feitos até novembro, aproximadamente. Vale dizer que a Caixa Econômica Federal também tem condições de confirmar para os cidadãos se haverá saque de inativos no ano de 2019 ou não.

Sobre o site

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *