Como funciona o saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

O FGTS terá o saque simplificado para os correntistas da Caixa Econômica Federal.

Isso se deverá a possibilidade de autorizar o crédito automático, o que dispensará a ida do cidadão à lotérica ou à agência.

Além de dar comodidade aos milhões de brasileiros que têm uma conta na Caixa, esses saques especiais também servirão para manter as agências menos cheias.

Veja neste artigo como funciona o saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa.



Diferenças do saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

Como funciona o saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

O saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa destaca-se pela possibilidade de ser automático, ou seja, o valor é enviado para a poupança ou para a conta corrente da pessoa que desejar.

No extrato, o cliente poderá visualizar quando esse fundo de garantia estará depositado.

Para os usuários da conta poupança, esse depósito fica ativado automaticamente: basta ter saldo de FGTS e uma conta desse tipo na Caixa para que o dinheiro seja creditado.

Se o cliente do banco tem conta corrente, ele deverá fazer a autorização antes.

Com relação aos não correntistas, estes terão de realizar o saque manual em qualquer casa lotérica ou agência.


Como autorizar o saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

O saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa só precisará ser autorizado quando se tratar de conta corrente.

Para a autorização, é preciso seguir as instruções abaixo:

  • O correntista acessa o seu Internet Banking pelo app da Caixa ou pelo seu site clicando aqui;
  • Fornece sua identificação de usuário;
  • Clica em “Autorizo creditar”.

Fazendo isso, o FGTS 2019 será depositado na conta corrente da pessoa no dia indicado (que precisa ser condizente com o calendário da Caixa Econômica Federal).

Os usuários da conta poupança, por outro lado, não têm necessidade de autorizar o crédito automático.


Como cancelar o depósito automático do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

O saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa poderá ser cancelado também: basta que o trabalhador desista de movimentar o seu fundo de garantia.

Para esse cancelamento:

  • Abra o link aqui;
  • Informe a data de nascimento e o documento;
  • Cancele a permissão para creditar o FGTS automaticamente

Embora os clientes da Caixa Econômica possam autorizar e cancelar os créditos automáticos pelo Internet Banking, eles também podem buscar por orientação na sua agência.

Aliás, essa é a melhor opção caso o cliente não consiga usar o Internet Banking ou o app – ou caso ele tenha dúvidas.


Calendário de saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa

Uma vez que muitos brasileiros terão direito ao saque imediato do fundo de garantia, a Caixa Econômica Federal providenciou um calendário novo para esse saque específico.

Basta que o trabalhador procure pela coluna com a sua data de nascimento para ver a partir de quando poderá fazer os saques.

O calendário FGTS 2019 para correntistas da Caixa está nas agências e pode ser consultado abaixo:

Nascidos de janeiro a abril

A partir de 13 de setembro, quem tem conta poupança receberá o crédito automático e quem tem conta corrente poderá fazer o saque.

Nascidos de maio a agosto

A partir de 27 de setembro, quem tem conta poupança receberá o crédito automático e quem tem conta corrente poderá fazer o saque.

Nascidos de setembro a dezembro

A partir de 9 de outubro, quem tem conta poupança receberá o crédito automático e quem tem conta corrente poderá fazer o saque.

PARA QUEM TEM POUPANÇA DA CAIXA


O que fazer se o trabalhador perder o prazo do saque do FGTS 2019?

O cidadão que perder o prazo de saque do FGTS em 2019 ainda poderá retirar a quantia até 31 de março de 2020, e isso vale para correntistas e não correntistas.

Os itens necessários para o saque serão o cartão, o CPF, a identidade e o NIS/PIS/PASEP, lembrando que os não correntistas, naturalmente, não possuem cartão.

Se a pessoa não realizar o saque do FGTS 2019 até 31 de março de 2020, ela perderá direito ao saque imediato e deverá optar:

  • Por sacar o fundo de garantia apenas nas circunstâncias já autorizadas atualmente, como demissão sem justa causa;
  • Aderir ao saque aniversário

Deve-se deixar claro que mesmo as pessoas que fazem o saque imediato poderão, no ano que vem, tornar-se usuárias do saque aniversário.


Vale a pena fazer o saque do FGTS 2019?

Vale a pena fazer o saque do FGTS 2019?

O saque do FGTS 2019 para correntistas da Caixa (e não correntistas) representa um bom momento para quem tem a intenção de “arrumar” as pequenas finanças, por exemplo, um reparo no veículo ou na casa, o pagamento de uma conta, etc.

Entretanto, é contraindicado usar o saque imediato apenas para gastos sem retorno, como compras ou passeios.

Por fim, esse tipo de saque também pode ser o impulso para quem deseja fazer um pequeno empreendimento: há pessoas que querem começar a vender produtos cosméticos, mas têm de comprar o mostruário, por exemplo.

O fundo de garantia é ainda uma chance para os cidadãos começarem a investir, mas sempre com o respaldo de corretoras ou da Caixa.

Sobre o autor

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *