Como fazer o saque do PIS/PASEP 2019

De acordo com as novas regras do governo, o Programa de Integração Social (PIS) e o Programa de Formação de Patrimônio do Servidor Público (PASEP) terão os saques das suas cotas liberados em 2019.

Se você tem dúvidas sobre o saque do PIS/PASEP 2019 e quer saber se tem direito a receber o valor dos fundos, confira todas as informações a partir de agora.


Quem pode fazer o saque do PIS/PASEP 2019?

Quem pode fazer o saque do PIS/PASEP 2019?

O saque do PIS/PASEP 2019 poderá ser feito de forma integral a partir de 19 de agosto de 2019.


Ele estará disponível a quem trabalhou entre os anos de 1971 e 1988, tanto em instituições públicas quanto em empresas privadas.

A forma como as empresas públicas e privadas recolhem o fundo PIS/PASEP hoje em dia é diferente da maneira como se fazia até o final da década de 80.

Por isso ainda há quantias de dinheiro que são de direito do trabalhador – e que não foram usadas por ele.

Para deixar mais claro, as pessoas que poderão sacar as cotas do PIS/PASEP 2019 são:

  • Quem trabalhou formalmente entre 1971 e 1988;
  • Quem ainda não retirou as cotas do PIS/PASEP.

Vale reforçar que o PIS/PASEP só pode ser sacado uma vez. Se a pessoa já recebeu o dinheiro em outro momento, não terá direito a receber PIS/PASEP em 2019 (não confundir com o Abono Salarial do PIS).


Como fazer o saque do PIS/PASEP 2019

O saque do PIS/PASEP 2019 estará disponível nas agências do Banco do Brasil, nas lotéricas e em todo o sistema de caixas eletrônicos e agências da Caixa Econômica Federal.

Não são necessários muitos documentos para retirar as cotas, apenas:

  • Cartão Cidadão (para beneficiários do PIS) ou cartão do Banco do Brasil (para beneficiários do PASEP);
  • CPF;
  • Número PIS/PASEP;
  • Documento oficial de identidade.

Regras de saque do PASEP

Para sacar o PASEP 2019, a pessoa terá de pedir uma transferência do Banco do Brasil para o seu próprio banco ou, se é correntista, acessar o caixa eletrônico.

Todas as pessoas também podem retirar o PASEP 2019 diretamente nas agências do BB, com a ressalva de que o cidadão é obrigado a fazer isso se o seu benefício for superior a R$ 5.000,00.

Regras de saque do PIS

Para sacar o PIS 2019, o trabalhador pode ir às casas lotéricas ou às agências; porém, só se pode retirar a cota pelas lotéricas se houver o Cartão Cidadão.


Calendário do PIS/PASEP 2019

Calendário do PIS/PASEP 2019

Os servidores com direito a cotas do PASEP receberão mais rapidamente: todos estarão liberados para sacar em agosto – lembrando que a quantia máxima para sacar fora das agências do BB é de R$ 5.000,00.

Os trabalhadores com direito a cota do PIS serão liberados totalmente até 2 de setembro, e quem não for correntista da Caixa Econômica Federal será separado por faixa etária. Veja o cronograma:

Calendário do PASEP

Se o cidadão tem PASEP a receber, funcionará assim:

  • Correntistas do BB poderão retirar a cota do PASEP a partir de 19 de agosto;
  • Quem tem até R$ 5.000,00 de cota a receber, escolhe entre fazer o saque no caixa eletrônico ou receber por transferência bancária – a partir de 20 de agosto;
  • Quem tem valores maiores a receber, saca a partir de 22 de agosto, mas apenas nas agências do BB.

Calendário do PIS

Se a pessoa tem PIS a receber, então será assim:

  • Os clientes da Caixa Econômica receberão a cota nas suas contas a partir de 19 de agosto;
  • Quem não é cliente da Caixa e tem idade igual ou superior a 60 anos receberá a partir de 26 de agosto;
  • Quem não é cliente da Caixa e tem idade inferior a 60 anos receberá a partir de 2 de setembro.

O que acontece com o trabalhador que já sacou a cota do PIS/PASEP?

O saque do PIS/PASEP 2019 é voltado a quem ainda possui cotas a serem resgatadas.

Dessa maneira, se o trabalhador não sacou a quantia completa, ele ainda poderá receber este ano.

Porém, quem precisou recorrer ao saque há muito tempo pode não lembrar se a retirada foi da quantia total ou não.

Neste caso, é possível descobrir com o atendimento do Banco do Brasil ou da Caixa Econômica Federal.

Quem precisa confirmar se tem cota do PASEP, deve:

  1. Telefonar para as centrais 0800 729 0001 (se não for área metropolitana) e 4004 0001 (se for área metropolitana) ou;
  2. Acessar aqui e informar o CPF ou número PASEP ou;
  3. Dirigir-se à uma agência do Banco do Brasil.

Quem precisa confirmar se tem cota do PIS, deve:

  1. Ligar para 0800 726 0207 ou;
  2. Acessar aqui, informar senha e número PIS (se a pessoa não tem senha, pode criar quando abre o link) ou;
  3. Comparecer a uma agência da Caixa Econômica Federal

É possível fazer saque do PIS/PASEP 2019 com procuração?

Quem não puder fazer o saque do PIS/PASEP 2019 sozinho devido a complicações de saúde ou qualquer tipo de incapacidade pode pedir que seu procurador legal o faça.

Inclusive, o procurador pode até mesmo ir ao Banco do Brasil ou à Caixa para consultar se há cotas disponíveis.

Porém, ter uma procuração legal não é suficiente para que os bancos liberem o PIS/PASEP: o procurador em questão deve mostrar os documentos do trabalhador e os seus, observando a validade da procuração.


O que o trabalhador deve fazer se não conseguir sacar o PIS/PASEP?

Se o cidadão receber a informação de que há impedimento para sacar o PIS/PASEP, é preciso primeiro que ele vá ao Banco do Brasil ou à Caixa Econômica Federal, pois somente os próprios bancos poderão analisar qual pendência existe com as cotas.

No caso de o problema ser com o pagamento feito pelos empregadores da época, o cidadão precisará do auxílio da Justiça do Trabalho.

Indo a um dos seus postos, é possível requerer a confirmação de que se trabalhou entre 1971 e 1988 e que nenhuma retirada de cotas foi feita até então.

Sobre o autor

Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *