Autor: Caixa FGTS

O Caixa FGTS é um site não-oficial e não possui qualquer vínculo com o Caixa Econômica Federal. A página tem como objetivo informar e esclarecer dúvidas sobre o Fundo de Garantia.

O FGTS inativo 2019 vai ser liberado?

Confira as regras aplicadas pela Caixa e descubra se o fgts inativo 2019 vai ser liberados para os trabalhadores

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é pago ao trabalhador em ocasiões variadas, mas milhares de pessoas puderam recebe-lo fora da data no ano de 2017: tratava-se dos seus inativos.

A estratégia de liberar essa quantia serviu para que os brasileiros pagassem suas dívidas, a economia circulasse mais e, por isso, fica a dúvida: os inativos serão pagos de novo em 2019?


Como funciona o FGTS?

Esse dinheiro corresponde a uma parte do salário do trabalhador e não é ele quem deposita, mas sim a empresa.

Usando o número do PIS/PASEP, o empregador deposita 8% da remuneração todos os meses e isso se acumula para que o cidadão possa sacar em alguns dos contextos que estarão listados mais à frente.

O próprio trabalhador pode acompanhar quanto de depósito tem de ser feito: se ele recebe R$ 1.500,00 por mês, o valor de FGTS é R$ 120,00. Ainda assim, o holerite especifica esses depósitos.

Ressalta-se que tudo é feito sem a interferência do trabalhador: é a empresa quem separa a quantia e coloca no FGTS.

O FGTS inativo 2019 vai ser liberado?


O que significa um FGTS inativo?

Tratava-se do fundo de garantia depositado para quem trabalhou até 31 de dezembro de 2015 e, por alguma razão, ainda não havia sacado o valor.

Para ajudar, a Caixa Econômica Federal ajudava os cidadãos a saber se tinham direito ou não: se eles levassem a carteira de trabalho e o documento pessoal, o banco confirmava se havia o direito e já orientava o saque.… Clique para ler o texto completo

Quem tem direito a receber FGTS inativo 2019

Entenda como funcionam as regras do fundo de garantia e saiba quem tem direito fgts inativo 2019

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço, conhecido popularmente como FGTS, é uma das formas de indenização do trabalhador no caso de demissão sem justa causa, mas é mais que isso: é uma poupança que cada empresa faz para o seu funcionário, depositando um valor mensal.

Exatamente por ser uma espécie de poupança, o objetivo é que o valor do FGTS não seja sacado sempre: há situações determinadas pelo governo federal.

Porém, a pergunta que muitos dos trabalhadores têm se feito é: vai haver FGTS inativo em 2019? Se houver, quem tem direito? Confira agora.


Como funciona o FGTS?

Trata-se de um benefício trabalhista atrelado ao valor de salário: a cada mês, a empresa deposita 8% do pagamento para esse fundo e, quando acontecer uma das ocasiões previstas pelo governo federal, a pessoa pode sacar.

Mesmo que o cidadão passe por mais de uma empresa ao longo da carreira, os depósitos serão sempre no mesmo número de FGTS.

Se o salário for de R$ 1.200,00, o valor mensal que o empregador vai depositar é de R$ 96,00. A pessoa que trabalhar por quatro anos com esse salário vai somar mais de R$ 4.600,00 de fundo de garantia.

Quem tem direito a receber FGTS inativo 2019


É preciso se cadastrar para receber o FGTS?

O trabalhador não precisa fazer inscrição porque essa é uma tarefa da empresa.

No caso de ele já ter tido a sua carteira assinada, o que pode ser pedido é um documento da Caixa Econômica Federal com a numeração para depósito.… Clique para ler o texto completo

Aposentadoria por invalidez tem direito a FGTS?

Confira as regras e entenda como funciona o FGTS para aposentadoria por invalidez

O Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) é um dos benefícios pelos quais o trabalhador mais aguarda, mas alguns acabam se aposentando por invalidez e acreditando que simplesmente não podem mais sacá-lo.

Infelizmente, esse é outro dos enganos trabalhistas comuns e que precisa ser corrigido.

Quem tem esse tipo de aposentadoria pode sim sacar o FGTS; aprenda aqui como.


Como funciona a aposentadoria por invalidez?

Consiste em uma aposentadoria oferecida às pessoas que não podem mais trabalhar porque sofreram um acidente ou tiveram um sério problema de saúde.

Entretanto, esse benefício não pode ser pedido se o trabalhador já estava doente quando começou a trabalhar.

Um caso comum de aposentadoria por invalidez é por queda: quando um funcionário se machuca em decorrência do serviço ou no ambiente profissional e não pode mais exercer nenhuma função, nem mesmo em outros departamentos.

Para determinar quanto o aposentado por invalidez vai receber, o Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) utiliza os 80% da contribuição previdenciária daquela pessoa até o momento.

Normalmente, o cidadão começa recebendo o auxílio doença e, como a perícia médica do INSS convence-se de que não haverá recuperação, passa à aposentadoria por invalidez.

Aposentadoria por invalidez tem direito a FGTS?


Como funciona o FGTS?

Como já falado, a sigla é Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) e esse é um benefício trabalhista acumulado durante a vida profissional.

A cada emprego registrado, a pessoa recebe um depósito de 8% do seu salário e, em ocasiões pré-determinadas pelo INSS, pode sacar.… Clique para ler o texto completo

Como tirar dinheiro da conta poupança Caixa

Conheça todas as regras para sacar dinheiro conta poupança Caixa

Ter uma conta poupança na Caixa Econômica Federal é um excelente caminho para as pessoas que pretendem juntar dinheiro.

Além de esse banco já ser muito conhecido e de a maioria dos cidadãos confiarem nele, a conta poupança em si é uma forma segura de economizar.

Muitos sentem medo de fazer investimentos mais inovadores: para esse caso, a conta poupança é a melhor saída, mesmo que renda um pouco menos.

A forma de gerenciá-la também é descomplicada: trata-se de uma conta bancária na qual a pessoa pode fazer depósitos e retiradas quando quiser.

Entretanto, o ideal é que os saques sejam o mais reduzidos o possível: quanto mais o correntista saca, menos a sua conta poupança rende.


Quantos saques se pode fazer na poupança Caixa?

Os usuários da poupança Caixa podem fazer retiradas de dinheiro quantas vezes quiserem: contudo, existe uma taxa a partir do terceiro saque e ela é automaticamente descontada. Normalmente, ela é baixa, mas não deixa de ser um prejuízo.

Outra parte negativa de fazer saques constantes na conta poupança é o fato de que isso impede que ela renda.

O principal segredo para quem deseja ver seu saldo multiplicado é evitar retiradas. Portanto, é comum que as pessoas não usem mais que os dois saques gratuitos mensais.

Como tirar dinheiro da conta poupança Caixa


Como abrir conta poupança Caixa online

Muitas pessoas podem abrir conta poupança na Caixa Econômica Federal, inclusive s responsáveis podem abri-la para os seus filhos, algo que é bem comum.… Clique para ler o texto completo

Limite de saque da conta poupança Caixa

Confira as informações do texto e entenda as regras de limite saque conta poupança Caixa

A conta poupança é a recomendação para as pessoas que desejam armazenar dinheiro, mas não querem fazer uso de investimentos complicados.

Oferecida por quase todos os bancos há muitos anos, ela também pode ser feita pelos correntistas da Caixa Econômica Federal.

Apesar de o rendimento da poupança não ser tão expressivo quanto o de outros investimentos, esse é um dinheiro no qual o banco não “toca”.

Além disso, é muito simples manusear a conta poupança: normalmente, ela pode ser movimentada com o mesmo cartão magnético utilizado para a conta corrente, mantendo o mesmo número, mas com uma identificação especial.

O limite de saque, porém, é algo que confunde os correntistas: sempre dá para sacar altas quantias? Existe diferença entre o limite do caixa eletrônico e da boca do caixa? E quem usa o terminal do Banco 24h, tem algum limite diferente?

É interessante que todos os que têm conta poupança da Caixa Econômica Federal saibam essas diferenças para usufruir melhor do saldo.


Limite de saque conta poupança Caixa na boca do caixa

O termo “boca do caixa” faz referência ao atendimento interno, sendo preciso passar pela porta giratória e pegar uma senha.

Normalmente, o correntista pode sacar até R$ 5.000,00 na hora, mas se ele precisar de mais dinheiro, terá de contatar o seu gerente antes.

A razão é a própria segurança da Caixa Econômica Federal e do correntista. Quando uma pessoa surge querendo sacar muito dinheiro, existe o risco de ser alguém em um sequestro, por exemplo.… Clique para ler o texto completo

Como consultar o saldo da conta poupança Caixa pelo celular

Consulte os procedimentos para fazer consulta saldo conta poupança Caixa celular

A conta poupança da Caixa Econômica Federal pode ser aberta por qualquer cidadão que tenha de R$ 50,00 a R$ 2.000,00 como a sua renda mínima. Sendo muito segura, são milhares de poupadores no Brasil inteiro: eles escolhem especificamente o plano de poupança desse banco devido a essa ser uma das instituições financeiras mais confiáveis.

Os benefícios de ter esse tipo de conta incluem economia porque não existe custo mensal de manutenção.

O gerenciamento da poupança é muito fácil porque existe aplicativo para saber dos extratos e porque o Internet Banking da Caixa é simplificado.

Os investimentos que são feitos usando a poupança da Caixa são bastante seguros.

Sendo assim, os correntistas não perdem dinheiro e conseguem, principalmente, guarda-lo de maneira a ter bastante acréscimo em um ano.


Como abrir uma conta poupança na Caixa

As pessoas que quiserem criar uma conta poupança na Caixa Econômica Federal têm de comparecer a alguma agência levando CPF, carteira de identidade e comprovante de residência.

Será necessário levar a via original de cada um e uma cópia, lembrando que o comprovante de endereço deve ter três meses ou menos.

Além disso, só pessoas maiores de idade podem abrir conta poupança na Caixa.

Além de abrir a poupança nas agências, também dá para fazê-lo nas casas lotéricas e nos diversos correspondentes.

No geral, a conta fica pronta em poucos minutos e, imediatamente, as pessoas podem começar a colocar dinheiro nela.

O saque da poupança pode ser efetuado no banco, nas casas lotéricas e nos correspondentes, mas há limitação se for Poupança Caixa Fácil: nesse caso, só se pode sacar R$ 3.000,00.… Clique para ler o texto completo

Como tirar o PIS?

Confira as regras e veja o passo a passo para tirar o PIS

O Programa de Integração Social (PIS) é algo conhecido dos empregadores e dos funcionários com carteira assinada.

Trata-se de um tributo que as empresas pagam em nome de cada um dos seus contratados: quando estes precisam de abono salarial, de seguro desemprego e outros direitos, é do PIS que eles são retirados.

Todas as pessoas que têm holerite de pagamento podem localizar um campo onde se lê PIS/PASEP: aquele é o valor que o seu empregador depositou naquele mês.

Aliás, tanto o PIS quanto o PASEP têm a mesma função, sendo diferentes apenas na sua origem.

No caso do PIS, ele é depositado pelos empregadores particulares, enquanto o PASEP é depositado pelos órgãos públicos. Todavia, a finalidade deles é igual.


Como tirar o PIS pela primeira vez?

Quem começa a trabalhar com carteira assinada pode achar que têm de fazer algo para ter o PIS/PASEP, mas não têm: assim que a empresa contratante assina a sua CTPS, também fica responsável por abrir uma numeração PIS/PASEP.

Um dos meios de as empresas fazerem isso é o link https://servicossociais.caixa.gov.br/internet.do?segmento=CONVENIADO01. Além disso, eles também podem registrar o PIS/PASEP dos seus funcionários indo a uma agência da Caixa Econômica Federal, mas isso é mais trabalhoso.

Cabe salientar que alguns trabalhadores podem ver a sigla NIS, que corresponde a Número de Identificação Social.

Essa é exatamente a mesma numeração que o PIS/PASEP, ou seja, ela também pode ser utilizada quando se quer fazer consulta de valor.… Clique para ler o texto completo

Como funciona o FGTS para pagar faculdade

Consulte as regras e confira se é possível usar o FGTS para pagar faculdade

O curso superior acaba sendo restrito mesmo no ano de 2018: apesar de várias políticas públicas para aumentar o acesso à faculdade, ainda existem pessoas que não conseguem pagar a sua parte da bolsa.

Também há os que não conseguem a nota de corte para a bolsa porque o curso é concorrido demais.

Desde o ano de 2016, existe a possibilidade de essas pessoas poderem ter o auxílio do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS).

O governo federal passou a autorizar o saque desse benefício para pagar faculdades ou qualquer curso do terceiro grau.

Quando essa proposta surgiu no governo, houve uma divisão: os responsáveis pelas contas públicas não concordavam com esse tipo de mudança no FGTS porque ele poderia ser aproveitado em outros departamentos.

Por outro lado, o Ministério da Educação viu de maneira favorável essa forma de facilidade.

A estimativa é que os cursos superiores fiquem com R$ 70.000.000.000,00.


Estudante pode sacar o FGTS?

Infelizmente, a proposta de utilizar o saque do FGTS para pagamento da faculdade não foi inteiramente aprovada. Por isso, não dá para os estudantes sacarem apenas por esse critério.

Contudo, o FGTS pode ser empregado da forma que o cidadão quiser e, mesmo não existindo um programa público específico, dá para empregar o fundo de garantia para os estudos.

Se o estudante já trabalha registrado há mais de cinco anos, pode fazer o saque devido a outras circunstâncias, como se ocorrer rescisão de contrato ou a demissão sem justa causa.… Clique para ler o texto completo

Como pedir empréstimo consignado com FGTS

Saiba como funcionam as regras para solicitar empréstimo consignado FGTS pela Caixa

O empréstimo consignado ficou muito popular dentre os trabalhadores e beneficiários do INSS, uma vez que é mais simples o seu desconto: as parcelas são tiradas da folha do benefício ou do pagamento de forma automática.

Sendo assim, o cidadão não tem como deixar de pagar o empréstimo pedido: o próprio banco se encarrega de separar a parcela.

Contudo, há mais uma razão para os cidadãos escolherem o empréstimo consignado: a partir de agora, o Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) pode ser utilizado como uma garantia.

A vantagem dessa possibilidade é que os juros mensais são mais baixos: devido ao FGTS como garantia, é menos provável que os bancos e financeiras fiquem no prejuízo e, por isso, não precisam cobrar tanto de juros.

A utilização do fundo de garantia no consignado ainda é nova e há cidadãos que não sabem das suas regras. Entretanto, toda a rede da Caixa Econômica Federal já está fazendo os empréstimos nessa modalidade.


Liberação do FGTS para empréstimo consignado

Essa liberação já estava sendo discutida há dois anos, mas tinha um sério impedimento: os bancos.

Apesar de o FGTS ser uma segurança (o trabalhador que está registrado tem esse depósito), os bancos ainda desconfiavam de que ele fosse mesmo ser uma garantia.

Porém, depois da autorização, são quase 37.000.000 de trabalhadores que podem fazer empréstimos dessa maneira, principalmente para quitar dívidas específicas e atrasadas.

Isso quer dizer que a economia poderá ter mais dinheiro em circulação e menos inadimplência.… Clique para ler o texto completo

Calendário FGTS inativo 2019

Esclareça suas dúvidas sobre o calendário FGTS inativo 2019

O pagamento recente do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS) inativo foi numa estratégia para que a população colocasse dinheiro em circulação e pudesse quitar contas, bem como fazer aquisições.

A liberação foi realizada pelo governo de Michel Temer e visava pagar esse benefício para aqueles que não recebiam depósitos de fundo de garantia desde o ano de 2015.

Por conta do ótimo resultado nos índices econômicos, existe a possibilidade de o governo ainda realizar mais uma liberação no ano de 2019, apesar de não existir nenhuma regra ainda e nem mesmo a cifra do que seria depositado aos trabalhadores.


FGTS inativo 2019 vai ser liberado?

É claro que os brasileiros aprovam essa possibilidade: seria excelente para a população ter um dinheiro extra para resolver questões financeiras, aproveitar com a família ou até poupar.

Entretanto, Henrique Meirelles, que era o Ministro da Fazenda em outubro de 2017, declarou que o governo deve avaliar muito bem se essa liberação de verba é uma boa ideia.

Como falado, esse dinheiro extra favoreceria muito os brasileiros, mas o governo teria de retirá-lo de algum campo da economia, que já tem bastante déficit. Por isso, há muita probabilidade de não haver a liberação do FGTS inativo em 2019.

Calendário FGTS inativo 2019


A Caixa disponibilizou o calendário FGTS 2019?

Não há necessidade de os trabalhadores consultarem calendário para retirar seu FGTS, quando não se tratam de inativos. Basta que o cidadão esteja em alguma das circunstâncias abaixo:

– Inserido em consórcio para imóveis;

– Fechamento da empresa;

– Idade de 70 anos ou mais;

– Catástrofes naturais;

– Aposentadoria,

– Demissão sem justa causa;

– Ser trabalhador avulso sem nenhuma remuneração há 3 meses ou mais e outras condições.… Clique para ler o texto completo